A falsa Personalidade

Todo ser humano se inventa a si mesmo, "algo" se cria nele. Essa é a situação dele Todas essas pessoas "Auto-inventadas", se conhecem, e falam, e se querellan, e se casam uma com a outra, em uma vida irreal. Essa invenção de um mesmo se chama a " falsa personalidade ". tem como efeito o dar a uma pessoa um sentimento errado do " eu ". o trabalho, o ensino, o denomina o " eu imaginário ".

Para que possa ter lugar o nascimento do "eu real", o " eu imaginário " deve ser visto como o que é, imaginário.

Isso só pode ser produzido através do " Conhecimento de si ". o conhecimento de si, por sua vez, só é alcançado através da " Observação de si ". é por isso que o trabalho se inicia com a observação de um mesmo. Ver as ilusões que nos fazemos a respeito de nós mesmos é a única maneira de enfraquecer. Outros talvez as vejam, mas a falsa personalidade nos domina, as ilusões e as formas de imaginação que nos forjamos a respeito de nós mesmos nos mantém no seu poder. Isso complica tudo em nossa vida e nos faz infelizes nos momentos em que não há necessidade alguma de ser... vemos a vida através da falsa personalidade.

Já devem ter ouvido dizer que este trabalho se chama de primeira intenção "Psico-transformismo". este título implica que o homem tem a possibilidade de experimentar alguma transformação interna real. Toda a "Psicologia Esotérica" se baseia nesta ideia central. Na verdade, é a razão da sua existência. Refere-se sempre à maneira de alcançar essa possível mudança interior ou transformação. Em alguns sistemas chama-se renascimento ou regeneração, o que vem a ser a mesma coisa. Neste trabalho se denomina as vezes a conquista do "eu real". Ora, desde que estamos a tal ponto dominados pela falsa personalidade, da qual desviamos um sentimento imaginário do eu, ou " eu imaginário ", este se torna necessário, com o fim de se deslocar para o " eu real ". Isto permite-nos separar a nossa consciência da falsa personalidade. Significa que é preciso deslocar o "Centro de gravidade" da consciência chegando a ser consciente do que antes não tínhamos consciência.

Isso só pode ser feito observando a falsa personalidade em um mesmo. Isso nos conduz a um gradual deslocamento do prévio centro psicológico de gravidade do eu. Lembre-se, seu sentimento do eu se coloca em contato com a vida. Como consequência disso, não só conseguirá uma opinião modificada de si mesmo, mas que lhe dará um ponto de vista modificado da vida.

É preciso que entenda que qualquer mudança em si mesmo, em seu sentimento do que é o " eu ", transformará também para você o mundo inteiro-até o ponto em que ele tenha transformado o " sentimento do eu ". Tentemos agora entendê-lo de uma maneira mais fácil. Nenhum de nós, tal como estamos mecanicamente na vida, tem o seu centro de gravidade no " eu real ". o temos na falsa personalidade, no " eu imaginário ", em uma ficção de nós mesmos que temos de manter-nos. Andando. Assim cada qual tem que fazer toda aula de coisas com o fim de manter esse "sim imaginário", o falso sim, esse sim que na verdade não está no fundo de nós, com o fim de que, por assim dizer, não Nos desprestigiemos-ou, na verdade, não percamos todo sentido de nós -. Agora bem, se todos vocês perdessem de repente tudo fingimento-em soma, se de súbito a falsa personalidade se tornasse passiva, não ativa-seria o mesmo que perder Todo sentido de vocês mesmos, ou de novo, poderiam se tornar "demônios e feras", como na guerra. Mais, para retornar ao delicado tema da observação de um mesmo com relação à existência da falsa personalidade-tentem reparar em seus maneirismos -. Tentem observar a sua falta de sinceridade, tentem ter consciência de suas maneiras artificiais, seus entoações docemente. Falsas. ..

... Enquanto não for outra coisa que a falsa personalidade-por mais " distinto " que se cria você-é um completo fracasso em relação ao que foi criado para " ser "-a saber, um organismo " Auto-Desarrollante "-. O primeiro passo é observar e "fazer passiva" para a falsa personalidade. Se puder separar-se da falsa personalidade, depois você mudará internamente e o mundo inteiro e toda a vida mudarão notoriamente para você... por que?, porque teve lugar um crescimento de consciência. Este trabalho refere-se ao de consciência-consciente da falsa personalidade, então o alargamento e o aprofundamento da consciência o libertam do egoísta bando de reações pessoais, negativas e estreitas, cheias de temor por sua própria pessoa e esperanças, de ambições insensatas, De mentiras cotidianas, de desnecessária infelicidade, de julgamentos estúpidos, de falso orgulho, de vaidade imbecil, e todo o resto. Em suma, vai se afastar dessa pessoa de quem tomava por si mesmo e servia como escravo-isto é, a falsa personalidade-e se aproximasse da grande prova pela qual têm de passar ao homem, a prova da sinceridade e da integridade. Interior e assim da pureza-a prova que uma vez, que se a passa conduz ao "eu real" com o qual nasceu cada homem, cada mulher, mas esqueceu-se a cansa de ter adormecido neste planeta...

.. O " trabalho " trata de recuperar a consciência que nos pertence por direito próprio - ou seja, refere-se ao " despertar " do " Ensino Esotérica " e tem como ponto de partida a ideia que o homem, que nasce acordado, Cai no sonho, e assim o mundo é tal como é, a saber, "um mundo de pessoas adormecidas". Pois bem, aconselho-vos a examinar o estado de sonho em que estão mergulhados e refletir sobre isso. Enquanto continuarem a acreditar na falsa personalidade, continuarão mergulhados em um sonho profundo. Por isso é que é preciso tentar ver que é o que se toma como "Eu" em um mesmo... acredita verdadeiramente que tem em si mesmo um eu real, permanente, assim, tal como é você?... Mas o estudo da falsa Personalidade não é tudo isso. Mas... tem que vê-lo por si mesmo para a mudança, isso lhe dará a compreensão necessária.

15 visualizações